Hoje tive a oportunidade de vivenciar as experiências dos professores e estudantes no novo curso de Biotecnologia Integrado ao Ensino Médio implantado no Câmpus Londrina do Instituto Federal do Paraná. O Curso Técnico em Biotecnologia Integrado ao Ensino Médio tem duração de 4 anos e é desenvolvido com base numa proposta pedagógica conhecida como Pedagogia por Projetos, na qual o conhecimento é construído por meio de metas preestabelecidas entre alunos e professores em perspectiva multirreferencial e transdisciplinar. O curso oferta os conhecimentos formais de nível médio, além de capacitar os estudantes como Técnicos em Biotecnologia, preparando-os para o mundo do trabalho. 

A experiência de hoje contou com os professores mediadores Fabiano, Walquiria e Flávia, que, dentro do projeto escolhido pelos estudantes, estão trabalhando com objetivos específicos de Biomas. Detectei que o nível de aprofundamento dos estudantes é maior, uma vez que, em todas as dinâmicas, é realizada uma intervenção inicial pelos mediadores, para conhecimento do ‘estado da arte’ do tema escolhido que ajudará no projeto; na sequencia, os estudantes visitaram diversos ambientes de pesquisa, para agregarem materiais que respondam às problemáticas originadas na intervenção. No final da dinâmica, houve a socialização do conhecimento, possibilitando que todos os conteúdos fossem trabalhados por todos os estudantes;tal prática estimula e instiga-os para novos desafios, como a capacidade de síntese, a capacidade de repassar o conhecimento, as habilidades de apresentação em público e em grupo e, o mais importante,a viabilização do processo de aprender a aprender. A equipe diretiva, pedagógica e de professores buscam estratégias de rompimento com a pedagogia castradora tradicional, e, com isso, sincronizam suas práticas às dinâmicas do cotidiano, gerando autonomia e responsabilidade aos nossos estudantes. 

Mais informações estão disponíveis no site do IFPR

Ainda na prática, foi mostrado um pequeno vídeo sobre os biomas, que pode ser acessado abaixo: